28 de Novembro de 2020

Daniel Costa: efetividade quando o assunto é bola na rede

Dos gols marcados pelo XV de Piracicaba na Série A2 do Paulistão, deste ano, 70% deles passaram pelos pés do meia armador Daniel Costa, 32, o mais novo reforço do MANAUSFC para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série C. De acordo com levantamento feito portal lideresportes.com – usando como base a plataforma de estatísticas Wyscout -, Daniel deu sete passes para gol e ainda balançou as redes cinco vezes na competição. Especialista em bolas paradas, o camisa 88 do Gavião do Norte agora se prepara para mostrar seu futebol com a camisa esmeraldina.  Nesta segunda-feira (12), o Manaus enfrenta a Vila Nova (GO), no estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia. A partida será realizada às 19h (horário de Manaus), com transmissão da DAZN.

Nascido e criado em Piracicaba, no interior paulista, Daniel estava jogando em casa, durante o Paulistão da A2. “O XV é o clube que me formou, então eu estava bem à vontade. Quanto ao campeonato, não fiz mais do que minha posição pede, que é fazer a ligação do meio para o ataque e aquilo que sempre falei que é a minha maior característica, que é a bola parada”, conta Daniel.

“Fizemos muitos gols com esse fundamento (bola parada). Tínhamos bastante jogadores que atacavam bem a bola, então isso pra mim facilita muito. Aqui (no MANAUSFC) já deu para perceber que nós temos jogadores que também têm essa característica de atacar bem a bola. Espero poder, com essa minha característica de bola parada, procurar fazer o melhor e dessa maneira ajudar para que a gente consiga fazer os gols”, diz o meia.

Desde de sempre

Daniel revela que o gosto pelas jogadas de bola parada vem desde as categorias de base. “Esse talento para bola parada, isso me acompanha desde o início da minha carreira. Quando eu iniciei, na minha idade, eu sempre fui um jogador um pouco mais alto do que meus companheiros, então eu tinha um chute um pouquinho mais forte e os goleiros eram um pouco baixos e eu sempre conseguia sobressair e fiz muitos gols. E aí eu fui aperfeiçoando. Tem que treinar, procurar aprimorar e é isso que eu sempre vou procurar fazer. Continuar sempre treinando porque é um fundamento que decide jogos, principalmente na Série C, que é um campeonato muito truncado”, aponta.

Jogo contra o Vila

Daniel também analisou a partida contra o Vila, que acontecerá nesta segunda-feira 12/10. “Vai ser um jogo difícil, o Vila é o time que tem a melhor defesa entre os 20 clubes da Série C, e está há seis jogos sem sofrer gols e eles vem de uma vitória expressiva fora de casa. Tenho certeza que eles vão vir confiantes, mas temos nossas estratégias e a gente tem feito isso bem nos treinamentos”, finaliza o jogador.

Deixe seu comentario

Patrocinadores